DICA DE PORTUGUÊS

Assim são as palavras parônimas: semelhantes, na escrita e na pronúncia, mas distintas em seus significados.
“Descriminar” e “discriminar” são exemplos dessa relação. Enquanto “descriminar”, escrito com “e”, é sinônimo de “descriminalizar”, “discriminar” é sinônimo de “distinguir”, “classificar por algum critério” – e discriminações, com “i”, de características pessoais, por exemplo, são crimes.
Se a diferença for difícil de ser aprendida lembrando-se apenas de que o prefixo latino DES – remete à oposição (portanto, “descriminar” é o oposto de “criminar”, de “imputar culpa a”), relacione as primeiras sílabas dos sinônimos dessas duas palavras:

DES
DEScriminar = DEScriminalizar = DESculpar

DIS
DIScriminar = DIStinguir = DIScernir
Se mesmo assim a dúvida quanto ao uso de uma ou de outra palavra persistir e não houver como consultar um dicionário manual ou online, troque-as por outra, diferente, cujo sentido seja parecido. Na maioria das vezes temos essa opção.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O ANIVERSÁRIO É SEU, MAS O CONVIDADO É QUEM PAGA A CONTA

LISTA DE EMPRESAS LIGADAS À PETROBRAS E AO PORTO DO PECÉM-CE