segunda-feira, 30 de abril de 2012

VAGA PNE


ANALISTA DA QUALIDADE JR - PNE
Quantidade de vagas: 02.

Segmento da empresa:  Telecomunicações

Horário: 07:30 às 12h – 13:30 às 18h (seg/sexta) 07:30 às 12h – 13:30 às 17h.

Localidade: Fortaleza – CE.

Valor da Remuneração: R$ 1.703,04
Benefícios: Plano de Saúde (48% pago pela empresa), Plano odontológico, Vale Alimentação, Vale Transporte.

Formação/Conhecimentos: Superior em conclusão em engenharia, administração e afins. 
Conhecimentos em sistema e ferramentas de qualidade, conhecimentos em gestão de processos; conhecimento em gestão de equipes.

Atividades a serem desenvolvidas: 
·         Acompanhar indicadores para suporte das obrigações contratuais;

·         Analisar dados constantes em bancos de dados para o acompanhamento dos resultados de trabalho e sugestão de melhorias;

·         Participar de auditorias promovidas pela área de Desenvolvimento servindo de suporte para levantamentos e análises;

·         Garantir juntamente com responsável da área a Padronização do modelo de Gestão de Indicadores, inclusive Operacional;

·         Propor sob supervisão e implantar juntamente com responsável da área os Projetos Operacionais que viabilizem melhorias nos indicadores de desempenho e nos índices de produtividade;

·         Promover e agendar reuniões periódicas de avaliação dos resultados de qualidade junto à operação;

·         Apoiar clientes internos na elaboração de apresentações e materiais destinados à reuniões de trabalho;

·         Acompanhar os fatores de bonificação/penalização, apoiando as áreas operacionais no atingimento dos indicadores máximos propostos;

·         Desenvolver e gerenciar planos de ação após a realização de auditorias, utilizando planilhas e formulários específicos, com o intuito de corrigir falhas e garantir a implementação das melhorias propostas;

·         Confeccionar relatórios e análises para apoiar a tomada de decisão;

Garantir a plena utilização das ferramentas de gestão da Empresa.


Outras informações:

Gentileza enviar currículo para o e-mail: 
selecao.ce@rminfraestrutura.com.br, colocando no ASSUNTO O NOME DA VAGA.


QUÍMICA


Empresa em fase de expansão seleciona:

Formação em Técnico em química
Conhecimentos em laboratórios de controle físico-químico de indústria, fluência
em análise físico químico, análises em HPCL, absorção atômica espectrofotômetro,
validações de métodos analiticos.

Salário a combinar
Empresa oferece:
VT,PS,Cesta básica, PLR.

Os interessados enviar curriculos com o título da vaga com pretensão salarial:
recrutamento@isofarma.com.br

ESTÁFIO COMUNICAÇÃO SOCIAL


EDSON QUEIROZ

REQUISITOS:
·         Cursar superior em Comunicação Social (a partir do 6° semestre)
·         Conhecimentos em informática.

ATIVIDADES:
·         Redação e revisão de textos;
·         Acompanhamento e atualização de mídias (Revista, Newsletter, site e Twitter);
·         Relacionamento e intercâmbio de Informações com a assessoria de imprensa e comunicação;
·         Pesquisas de conteúdo.

JORNADA SEMANAL: 30 horas semanais
HORÁRIO: 8:00 às 14:00
BENEFÍCIOS: Bolsa R$545,00 + Vale–Transporte.

Interessados devem encaminhar currículos com o CÓDIGO 7977 NO ASSUNTO para estagiomrh@mrhgestao.com.br   com cópia paraselecaoestagio@mrhgestao.com.braté o dia 03/05/2012.
Informações: 3452 2960 ou 3452 5701

LICITAÇÕES


A SELLENE MEDICAMENTOS
Atua no mercado há 35 anos na distribuição de medicamentos, equipamentos, materiais descartáveis e produtos nutricionais voltados para o mercado hospitalar, representando as melhores e maiores indústrias nacionais e multinacionais.

VAGA AUXILIAR DE LICITAÇÃO
Atividades: arquivar documentação, separar os documentos das licitações, auxiliar na preparação das pastas dos processos, auxiliar na leitura dos editais.

Horário: Segunda a Sexta no horário comercial.

Salário: fixo + comissão

Benefícios: 50% do plano de saúde + Vale Transporte + Vale Refeição.

Interessados enviar o currículo para gh1@sellene.com

ESTÁGIO ADMINISTRAÇÃO

ESTÁGIO DE ADMINISTRAÇÃO

ÁREA COMERCIAL
 

Empresa: PINHEIRO SUPERMERCADO
Local da Vaga: CEARÁ 
Horário de Trabalho: Manhã - 06 horas/dia 
Salário: R$ 700,00
Outras Vantagens: VT, VR, PS
Qtde de Vagas: 1

 Resumo das Atividades a serem Executadas:
- Apoio as atividades da área comercial da empresa;
- Digitação e cadastro de produtos e fornecedores;
- Apoio a negociação com fornecedores;


 Colocação da Vaga    - Estágio

- Local da vaga:
  - Administração da empresa (Maraponga) e Super Rede.

 Informática
    - WINDOWS
    - EXCEL
    - POWERPOINT
    - INTERNET
    - COREL DRAW

 Escolaridade
    - CURSO SUPERIOR - ÁREA CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS (a partir do 3º semestre)
    Situação: INCOMPLETO/ANDAMENTO

Interessados encaminhar currículos ao e-mail: selecao@pinheirosupermercado.com.br 

SUPERVISOR DE ALMOXARIFADO


SUPERVISOR DE ALMOXARIFADO
 
ATIVIDADES A SEREM REALIZADAS:
- Conferencia de notas fiscais;
- Recebimento de mercadorias;
- Controle de entradas e saídas de materiais;
- Solicitações de compras;
 
·       Quantidade de Vagas: 01
 
REQUISITOS: 
Ensino médio completo;
Informática intermediária (excel);
Experiência na área de  almoxarifado, estoque ou logística;
Experiencia com materiais: eletrico, expediente, limpeza, ferramentas e ferragens.
 
 
HORÁRIO DE TRABALHO: 44hs semanais. Seg. à Sab, com disponibilidade de horário.
BENEFÍCIOS: R$ 1000,00 + V.T+Refeição
 
 OBS: Empresa situada no bairro
Lagoa Redonda

Interessados (as) enviar currículo com assunto  supervisor de almoxarifado recrutamentocurriculoce@gmail.com até a data 12/05/2012.

VAGA LOGÍSTICA


Vaga para Assistente Administrativo/ LOGISTICA
 
Nivel Superior (cursando)
Conhecimentos em excel;
Ter experiencia na area de manutenção predial,cotação de compra de material,serviços de manutençao em geral
Horário: seg a sab 08:30 as 17:30 com regime de escala aos domingos eventualmente
Salario: 815,04+ VT+ VA (8,50)
Interessados enviar curriculo para rh@cetusaservicos.com.br com o titulo LOGISTICA
 

VAGA PNE


ALMOXARIFE - PNE
Quantidade de vagas:  2
Segmento da empresa: 
Telecomunicações
Horário: 07:00 às 12:30/13:30 às 17:00 (Segunda à sexta) /07:00 às 12:00

Localidade: 
Fortaleza
Valor da Remuneração: 
R$ 771,38
Benefícios: 
VT, VA,VR, OS e PO

Formação:
 Ensino médio concluído
Conhecimentos: Conhecimentos em controle de estoque; Conhecimentos do material utilizado; Noções gerais sobre administração de materiais; Noções básicas de informática.
Atividades a serem desenvolvidas: 
·         Executar os serviços relativos ao recebimento, estocagem, distribuição, registro e inventário dos materiais de uso permanente e de consumo da Empresa, dando informações a respeito e implementando as rotinas de trabalho, para assegurar sua eficiente execução;

·         Organizar o armazenamento de materiais e equipamentos identificando-os e determinando sua localização de forma adequada;

·         Controlar as ferramentas utilizadas pelos instaladores, registrando nos termos de responsabilidade do sistema da ARM;

·         Realizar cobrança de materiais nos casos de rescisão de contrato dos funcionários;


·         Efetuar o registro de materiais em guarda, lançando-os em sistemas, livros, fichas e mapas operacionais para facilitar consultas e elaboração de inventários;

·         Conferir o material recebido, com base nos dados contidos nas requisições, examinando, testando e registrando, para encaminhá-los corretamente ao setor requisitante;

Outras informações:
Gentileza enviar currículo para o e-mail
selecao.ce@rminfraestrutura.com.br, colocando no ASSUNTO O NOME DA VAGA.

sábado, 28 de abril de 2012

Motorista Particular


MOTORISTA PARTICULAR
Horário de Trabalho: Horário comercial - 08 horas/dia 
Outras Vantagens: VT, (ALIMENTAÇÃO NO LOCAL; SEGURO DE VIDA E CESTA BÁSICA.)
Qtde de Vagas: 1

Candidatos devem ter experiencia na área. Ter disponibilidade de horário
 
 
 Escolaridade
    - 2º GRAU 
    Situação: COMPLETO
 
Favor encaminhar curriculos para aline@ocs.ind.br

ESTÁGIO PUBLICIDADE E PROPAGANDA OU JORNALISMO


ESTÁGIO PUBLICIDADE E PROPAGANDA OU JORNALISMO 
 
REQUISITOS:
Cursando superior a partir do 3º semestre em Publicidade e Propaganda ou Jornalismo.

ATIVIDADES:
Auxiliar nas atividades de comunicação interna do Grupo Edson Queiroz.
 
 
Interessados, enviar currículo para recrutamento@edsonqueiroz.com.br!
Informe no campo Assunto o nome da vaga "Estágio em Comunicação". 

sexta-feira, 27 de abril de 2012

ESSA FOI A SEMANA DO PETRÓLEO.




SEMANA DO PETRÓLEO


Aqui foi a palestra de Logística.

O PODER DAS PALAVRAS

O Poder das Palavras


Sempre num lugar por onde passavam muitas pessoas, um mendigo sentava-se na calçada e ao lado colocava uma placa com os dizeres:
"Vejam como sou feliz! Sou um homem próspero, sei que sou bonito, sou muito importante, tenho uma bela residência, vivo confortavelmente, sou um sucesso, sou saudável e bem humorado."
Alguns passantes o olhavam intrigados, outros o achavam doido e outros até davam-lhe dinheiro.
Todos os dias, antes de dormir, ele contava o dinheiro e notava que a cada dia a quantia era maior.
Numa bela manhã, um importante e arrojado executivo, que já o observava há algum tempo, aproximou-se e lhe disse:
"Você é muito criativo! Não gostaria de colaborar numa campanha da empresa?"
"Vamos lá. Só tenho a ganhar!", respondeu o mendigo.
Após um caprichado banho e com roupas novas, foi levado para a empresa.
Daí para frente sua vida foi uma sequência de sucessos e a certo tempo ele tornou-se um dos sócios majoritários.
Numa entrevista coletiva à imprensa, ele esclareceu de como conseguira sair da mendicância para tão alta posição.
Contou ele:
- Bem, houve época em que eu costumava me sentar nas calçadas com uma placa ao lado, que dizia: "Sou um nada neste mundo! Ninguém me ajuda! Não tenho onde morar! Sou um homem fracassado e maltratado pela vida! Não consigo um mísero emprego que me renda alguns trocados ! Mal consigo sobreviver!"
As coisas iam de mal a pior quando, certa noite, achei um livro e nele atentei para um trecho que dizia: "Tudo que você fala a seu respeito vai se reforçando. Por pior que esteja a sua vida, diga que tudo vai bem. Por mais que você não goste de sua aparência, afirme-se bonito. Por mais pobre que seja você , diga a si mesmo e aos outros que você é próspero."
Aquilo me tocou profundamente e, como nada tinha a perder, decidi trocar os dizeres da placa para:
"Vejam como sou feliz! Sou um homem próspero, sei que sou bonito, sou muito importante, tenho uma bela residência, vivo confortavelmente, sou um sucesso, sou saudável e bem humorado."
E a partir desse dia tudo começou a mudar, a vida me trouxe a pessoa certa para tudo que eu precisava, até que cheguei onde estou hoje. Tive apenas que entender o Poder das Palavras. O Universo sempre apoiará tudo o que dissermos, escrevermos ou pensarmos a nosso respeito e isso acabará se manifestando em nossa vida como realidade. Enquanto afirmarmos que tudo vai mal, que nossa aparência é horrível, que nossos bens materias são ínfimos, a tendência é que as coisas fiquem piores ainda, pois o Universo as reforçará. Ele materializa em nossa vida todas as nossas crenças.
Uma repórter, ironicamente, questionou:
- O senhor está querendo dizer que algumas palavras escritas numa simples placa modificaram a sua vida?
Respondeu o homem, cheio de bom humor: "Claro que não, minha ingênua amiga! Primeiro eu tive que acreditar nelas! " 

O VELHO POTE RACHADO
      Um carregador de água, na Índia, levava dois potes grandes, ambos pendurados em cada ponta de uma vara a qual ele carregava atravessada em seu pescoço. Um dos potes tinha uma rachadura, enquanto o outro era perfeito e sempre chegava cheio de água no fim da longa jornada entre o poço e a casa do Senhor para quem o carregador trabalhava. O pote rachado sempre chegava com água apenas pela metade. 
    
       Foi assim por dois anos. Diariamente, o carregador entregando um pote e meio de água na casa de seu Senhor. Claro, o pote perfeito estava orgulhoso de suas realizações. Porém, o pote rachado estava envergonhado de sua imperfeição. Sentia-se miserável por ser capaz de realizar apenas a metade do que lhe havia sido designado fazer.

      Após perceber que por dois anos havia sido uma falha amarga, o pote rachado, um dia, falou para o carregador à beira do poço: — Estou envergonhado. Quero lhe pedir desculpas.
   
      — Por que? — perguntou o homem. — De que você está envergonhado?
    
      — Nesses dois anos — disse o pote — eu fui capaz de entregar apenas metade da minha carga, porque essa rachadura no meu lado faz com que a água vaze por todo o caminho que leva à casa de seu Senhor. Por causa do meu defeito você não ganha o salário completo dos seus esforços.
    
      O carregador ficou triste pela situação do velho pote, e, com compaixão, falou:
— Quando retornarmos à casa do meu Senhor, quero que observes as flores ao longo do caminho.
    
      De fato. À medida que eles subiam a montanha, o velho pote rachado notou muitas e belas flores selvagens ao lado do caminho, e isto lhe deu ânimo. Mas, no fim da estrada, o velho pote ainda se sentia mal, porque, mais uma vez, tinha vazado a metade da água, e, de novo, pediu desculpas ao carregador por sua falha.
    
      O carregador, então, disse ao pote: — Você notou que pelo caminho só havia flores no seu lado do caminho? Notou ainda que a cada dia, enquanto voltávamos do poço, você as regava? Por dois anos eu pude colher flores para ornamentar a mesa do meu Senhor. Sem você ser do jeito que você é, ele não poderia ter essa beleza para dar graça à sua casa.

A falsa história de Valentim Tramontina


A falsa história de Valentim Tramontina


10239029_GGMeus queridos, recebi esta história via e-mail como sendo a história do gaúcho fundador da empresa Tramontina, Valentim Tramontina. Dei uma pesquisada para saber se era verídica, e, aparentemente não é (durante a leitura dá para desconfiar mesmo…). Mas, independentemente da veracidade ou não, a história é bem interessante e a lição de moral um tanto quanto pertinente. Vale para aqueles que tem medo de mudança, para aqueles que não tem medo de mudar e para o pessoal que está começando uma carreira, que preta Enem neste fim de semana. Deêm uma lida, é de se pensar:
O Porteiro do Puteiro
Não havia no povoado pior ofício do que ‘porteiro do prostíbulo’. 
Mas que outra coisa poderia fazer aquele homem? 
O fato é que nunca tinha aprendido a ler nem escrever, não tinha nenhuma outra atividade ou ofício. 
Um dia, entrou como gerente do puteiro um jovem cheio de ideias,  criativo e empreendedor, que decidiu modernizar o estabelecimento. 
Fez mudanças e chamou os funcionários para as novas instruções. 
Ao porteiro disse: 
- A partir de hoje, o senhor, além de ficar na portaria, vai preparar um relatório semanal onde registrará a quantidade de pessoas que entram e seus comentários e reclamações sobre os serviços. 
- Eu adoraria fazer isso, senhor. – Balbuciou – Mas eu não sei ler nem escrever! 
- Ah! Quanto eu sinto! Mas se é assim, já não poderá seguir trabalhando aqui. 
- Mas senhor, não pode me despedir, eu trabalhei nisto a minha vida  inteira, não sei fazer outra coisa. – Olhe, eu compreendo, mas não posso fazer nada pelo senhor. Vamos dar-lhe uma boa indenização e espero que encontre algo que fazer. Eu sinto muito e que tenha sorte. 
Sem mais nem menos, deu meia volta e foi embora. O porteiro sentiu como se o mundo desmoronasse. Que fazer? 
Lembrou que no prostíbulo, quando quebrava alguma cadeira ou mesa, ele a arrumava, com cuidado e carinho. 
Pensou que esta poderia ser uma boa ocupação até conseguir um emprego. 
Mas só contava com alguns pregos enferrujados e um alicate mal conservado. 
Usaria o dinheiro da indenização para comprar uma caixa de ferramentas completa. 
Como o povoado não tinha casa de ferragens, deveria viajar dois dias em uma mula para ir ao povoado mais próximo para realizar a compra. 
E assim o fez. 
No seu regresso, um vizinho bateu à sua porta: 
- Venho perguntar se você tem um martelo para me emprestar. 
- Sim, acabo de comprá-lo, mas eu preciso dele para trabalhar … já que..  
– Bom, mas eu o devolverei amanhã bem cedo. 
– Se é assim, está bom. 
Na manhã seguinte, como havia prometido, o vizinho bateu à porta e disse: 
- Olha, eu ainda preciso do martelo. Porque você não o vende para mim? 
- Não, eu preciso dele para trabalhar e além do mais, a casa de ferragens  mais próxima está a dois dias de viagem sobre a mula.
- Façamos um trato – disse o vizinho. 
Eu pagarei os dias de ida e volta  mais o preço do martelo, já que você está sem trabalho no momento. Que lhe parece? 
Realmente, isto lhe daria trabalho por mais dois dias…. aceitou. 
Voltou a montar na sua mula e viajou. 
No seu regresso, outro vizinho o  esperava na porta de sua casa. 
- Olá, vizinho. Você vendeu um martelo a nosso amigo. 
Eu necessito de algumas ferramentas, estou disposto a pagar-lhe seus dias de viagem,  mais um pequeno lucro para que você as compre para mim, pois não disponho de tempo para viajar para fazer compras. 
Que lhe parece? 
O ex-porteiro abriu sua caixa de ferramentas e seu vizinho escolheu um alicate, uma chave de fenda, um martelo e uma talhadeira. Pagou e foi embora.   E nosso amigo guardou as palavras que escutara: ‘não disponho de tempo para viajar para fazer compras’. 
Se isto fosse certo, muita gente poderia necessitar que ele viajasse para trazer as ferramentas. 
Na viagem seguinte, arriscou um pouco mais de dinheiro trazendo mais ferramentas do que as que havia vendido. 
De fato, poderia economizar algum tempo em viagens. 
A notícia começou a  se espalhar pelo povoado e muitos, querendo economizar a viagem, faziam  encomendas. 
Agora, como vendedor de ferramentas, uma vez por semana viajava e trazia o que precisavam seus clientes. 
Com o tempo, alugou um galpão para estocar as ferramentas e alguns meses depois,  comprou uma vitrine e um balcão e transformou o galpão na primeira  loja de ferragens do povoado. 
Todos estavam contentes e compravam dele. 
Já não viajava, os fabricantes  lhe enviavam seus pedidos. 
Ele era um bom cliente. 
Com o tempo, as pessoas dos povoados vizinhos preferiam comprar na sua loja de ferragens, a ter de gastar dias em viagens. 
Um dia ele lembrou de um amigo seu que era torneiro e ferreiro e pensou que este poderia fabricar as cabeças dos martelos. 
E logo, por que não, as chaves de fendas, os alicates, as talhadeiras, etc … 
E após foram os pregos e os parafusos… 
Em poucos anos, nosso amigo se  transformou, com seu trabalho, em um rico e próspero fabricante de ferramentas. 
Um dia decidiu doar uma escola ao povoado. 
Nela, além de ler e escrever,  as crianças aprenderiam algum ofício. 
No dia da inauguração da escola, o prefeito lhe entregou as chaves da cidade, o abraçou e lhe disse: – É com grande orgulho e gratidão que lhe pedimos que nos conceda a honra de colocar a sua assinatura na primeira página do livro de atas desta nova escola. 
- A honra seria minha – disse o homem. Seria a coisa que mais me daria prazer, assinar o livro, mas eu não sei ler nem escrever, sou  analfabeto. 
- O Senhor?!?! – Disse o prefeito sem acreditar. 
O senhor construiu um  império industrial sem saber ler nem escrever? Estou abismado.  Eu pergunto: 
- O que teria sido do senhor se soubesse ler e escrever? 
- Isso eu posso responder. – Disse o homem com calma. 
Se eu soubesse ler e escrever… ainda seria o 
PORTEIRO DO PUTEIRO!!!
Geralmente as mudanças são vistas como adversidades.
As adversidades podem  ser bênçãos.
As crises estão cheias de oportunidades.
Se alguém lhe fechar as portas, não gaste energia com o confronto, procure as janelas.
Lembre-se da sabedoria da água:
‘A água nunca discute com seus obstáculos, mas os contorna’.
Isso realmente é verídico, contado por um grande industrial chamado…
Sr. Tramontina …
Pode não ser a história dele, mas que é de se pensar, isso é!

Clique e confira!

ESTAMOS À DISPOSIÇÃO!